Cafe VerdeAinda desconhecido por grande parte dos brasileiros, o café verde tem se mostrado um excelente aliado para quem está na luta contra a balança.

Com uma composição que supera em duas vezes o nível de cafeína do tradicional café preto, o grão pertence ao grupo dos alimentos termogênicos, que são responsáveis por estimular o organismo a reduzir o acúmulo de gordura no corpo, facilitando, assim, sua eliminação.

 

O que é o café verde?

Este é um tipo de café em que o grão ainda não sofreu o processo de torrefação e, por isso, é considerado um grão “in natura”.

Como o grão verde possui um sabor bastante amargo, o seu consumo é,  geralmente, feito em forma de cápsulas que podem ser manipuladas em farmácias especializadas ou adquiridas diretamente em lojas de suplementos.

 

Quais nutrientes podem ser encontrados?

No café verde, há muitos nutrientes benéficos à saúde, tais como teobromina, teofilina, taninos e flavonoides. Essas substâncias são encontradas em concentrações que giram em torno de 0,06% a 0,32%, chegando a ser entre três a cinco vezes maiores se comparado ao grão torrado.

Outro elemento de destaque do café verde é o ácido clorogênico, substância capaz de reduzir a absorção de glicose pelo organismo, fato que faz com que o grão se torne um aliado no combate ao diabetes.

Em comparação com o grau torrado, o café verde possui uma quantidade duas vezes maior de cafeína, fato muito positivo para quem precisa ou quer emagrecer, visto que esta substância favorece, consideravelmente, a perda de peso por meio da oxidação de gorduras corporais.

Outro ponto positivo da cafeína é a sua capacidade de inibir a produção de substâncias responsáveis pelo cansaço e pelo sono, dando mais energia para realizar as atividades do dia a dia.

 

Principais benefícios deste tipo de café

Além de favorecer o emagrecimento, o café verde também proporciona outros benefícios ao organismo. As substâncias presentes no grão possuem poderes diuréticos que ajudam a combater a retenção de líquidos e ainda facilitam o processo de digestão dos alimentos.

Além disso, muitas possuem ação antioxidante, combatendo os radicais livres que são as substâncias responsáveis pelo envelhecimento precoce.

Estudos também mostram que o uso do café verde pode auxiliar no tratamento da depressão, visto que o ácido clorogênico pode causar alterações no humor de quem faz uso da substância, entretanto, esse benefício não é consensual entre os médicos.

Pesquisas feitas nos Estados Unidos, por exemplo, apontam o café apenas como prevenção à depressão feminina.

 

Existe alguma contraindicação?

Assim como a maioria dos alimentos termogênicos, o café verde também possui algumas contraindicações. Pessoas que possuem problemas de saúde como a hipertensão arterial, hipertireoidismo, gastrite crônica, úlceras, problemas hepáticos ou reumáticos devem evitar seu consumo.

Como se sabe, a cafeína é considerada um “estimulante cerebral”, assim, o café verde é contraindicado também àqueles que têm tendência ao nervosismo ou à insônia, visto que sua ingestão pode agravar tais problemas.

 

Como tomar?

Recomenda-se tomar 2 cápsulas por dia, antes do almoço e do jantar. Evite tomar mais de 4 cápsulas por dia.

Para experimentar o café verde, saiba mais sobre o suplemento Green Coffee Slim.